Nesses infográficos, você encontrará a relação que certa dor física pode ter com as emoções. Provavelmente, depois de ler essas informações, você poderá entender melhor seu corpo e descobrir como resolver o que o incomoda há tanto tempo.

Dores de cabeça geralmente estão relacionadas a problemas emocionais e estresse. Se você sofre de enxaqueca constante, pode ser por causa do grande fardo de sua vida diária e rotina. O pescoço é onde, segundo os psicólogos, a culpa e a recriminação são armazenadas; portanto, se você sofre de dor nessa área, talvez seja porque você está se julgando demais ou porque há coisas das quais você se arrepende e que não pode se livrar delas facilmente.

 

 

Nossas tensões diárias se traduzem precisamente em dores no ombro. Então tente lidar melhor com a pressão e o estresse. As dores nas costas estão relacionadas à falta de apoio emocional. Portanto, as pessoas que sentem dor nessa área podem se sentir pouco amadas ou precisar de alguém para ajudá-las.

No caso de dores na região lombar, elas estão relacionadas a problemas financeiros, mas também podem ocorrer devido à falta de apoio emocional.

A dor no cotovelo pode estar relacionada à resistência a alterações; geralmente, não é uma dor que ocorre nessa área, mas uma certa rigidez; o que pode levar você à conclusão direta de que não querer se adaptar ao novo tem consequências em seu corpo relacionadas a problemas nas articulações.

 

 

Se você sentir dor nas mãos, pode ser porque é difícil estabelecer uma conexão para se expressar e demonstrar afeto com o exterior e com os outros. A rigidez nos quadris pode estar relacionada ao fato de a pessoa se opor à resistência e não querer tomar decisões que as comprometam.

Quando há dor nas panturrilhas, isso está relacionado à tensão ou estresse emocional; nesse caso, a dor é ativada por questões de ciúmes e ressentimentos.

 

Se você tem resistido a certos prazeres naturais da vida ultimamente, pode sentir dores no tornozelo. Quando há dor nos pés, isso pode ser causado por muita negatividade, porque a pessoa não está se sentindo satisfeita, o que causa dor crônica nessa área.

 

Mas, tudo é uma questão de saber drenar essas pressões em você.